Image
Image

Quando usar CMYK e RGB?

08 de dezembro, 2015

Existe uma grande variação entre essas duas escalas, por isso é muito comum surgirem questões, causando uma enorme confusão nas pessoas. Afinal, por que existem esses dois sistemas de cores? Quando devo usar um ou outro? Conheça de uma vez por todas a diferença entre eles, saiba como e quando usar.

O que significa CMYK?

É a abreviação de Cian (C), Magenta (M), Yelow (Y) e o preto representado pela letra “K”. O sistema CMYK é formado por essas quatro cores e quando misturadas dão origem a outras infinitas. Essa escala possui três cores secundárias: azul violeta (magenta + ciano), vermelho (magenta + amarelo) e verde (amarelo + ciano).

A junção de todas essas cores forma a preta. Podemos perceber isso fazendo o teste com tinta guache, ao mistura-las em um papel forma-se uma cor escura.

Os padrões da escala CMKY são percentuais, variando de 0% a 100%.

CMYK

 

O CMYK é ideal para impressão

Esse sistema é baseado em pigmentos e por isso é usado no momento da impressão em papel, tecidos e outros materiais. Se o material criado tem a finalidade de ser impresso é essencial que a arte esteja em CMYK, isso evita que haja variações de cores no material final.

O que é RGB?

É um sistema de cores primárias composta por Red (R), Green (G) e Blue (B), também conhecido como sistema de luz baseado na teoria de Young-Helmnoltz e no triângulo de cores de Maxwell.

Combinando duas cores aditivas primárias puras, será produzida uma cor primária subtrativa (Amarelo, Cian e Magenta). É considerado subtrativo, pois uma tinta absorve da luz visível todas as cores, exceto a sua própria cor. O RGB é considerado aditivo, pois utiliza-se da combinação (adição) de cores para produzir outras, que são descritas de acordo com quantidade de RGB, representada de 0 a 255.

RGB

 

O RGB é usado para reproduzir cores em:

  • Monitores de TV
  • Computadores
  • Smartphones

Importante: o método RGB, baseado em luz, não serve para impressão de materiais. É importante calibrar as funções do monitor para as cores serem visualizadas com mais fidelidade.

A diferença entre CMYK e RGB

O espectro de cores CMYK é menor que o RGB. Por esta razão, muitas cores que vimos no monitor não podem ser reproduzidas em um material impresso.

 

Se você tiver dúvidas para fechar um arquivo ou transformá-lo de RGB para CMYK entre em contato conosco. Envie suas dúvidas.

 

 

 

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Email this to someone

Deixe um comentário

Nome *
Email *
Website
Mensagem *